Monthly Archives

agosto 2015

AMÉRICA DO SUL, CHILE, Santiago

Cerro Santa Lucia – Santiago

Arrisco dizer que o principal ponto turístico de Santiago são as Cordilheiras, e mesmo elas sendo vistas de qualquer ponto da cidade nada melhor que subir um dos Cerros (morros) da cidade para se ter uma visão privilegiada dos Andes.

praça-santiago
Praça ao lada da entrada do Cerro Santa Lucia.

Cerro Santa Lucia – Santiago

O Cerro Santa Lucia não é o mais alto de Santiago, mas é um parque muito lindo, agradável e limpo, que você vai subindo e descobrindo vários mirantes com uma vista incrível.

cordilheira-chile

A neve nas cordilheiras em Novembro já era pouquinha, só nos topos das montanhas mesmo, mas o tempo estava limpo e deu para ter uma visão bem nítida da cidade. É porque em algumas épocas do ano é bem normal em Santiago não se ver as cordilheiras por causa da chamada smog, uma espécie de nevoeiro causado pela poluição atmosférica.

santiago-cordilheiras

vista-santiago-chile

A História do Cerro Santa Lucia

A história deste Cerro é bem emblemática, foi nada mais do que o local que Pedro de Valdivia fundou a cidade de Santiago em 1541, pois era um local privilegiado devido sua altitude, de onde se tinha uma boa visão de todo o terreno conquistado. 

la-fundacion-de-santiago-pedro-lira-1858La Fundacion de Santiago – Pedro Lira-1858

Duas fortalezas foram construídas no morro para proteção. Uma delas o Castillo Hidalgo, construído em 1816, serve hoje de centro de eventos.

parque-santa-lucia

santiago-cerros

O Cerro tem 69m de altura e área de 65.300m². Em 1872 Benjamin Vicuña Mackenna (que também foi prefeito) foi o responsável pela remodelação do Cerro e criou áreas planas que até então não existiam lá. Ele queria “afrancesar” Santiago, que na época tinha estilo completamente colonial.

terraza-netuno-chile

terraza-neptuno

vicuna-mackennaEstátua de Benjamin Vicuña Mackenna ao lado do Cerro Santa Lucia

O Que Ver Além da Cordilheira

cordilheiras-andes

Há mais do que um caminho para subir o Cerro, em algumas partes as escadinhas são estreitas e escorregadias, mas não se preocupe em seguir um mapa, vá simplesmente subindo e parando para admirar a paisagem, assim não é cansativo.]

cerro-santa-lucia-santiago canhao-cerro-santa-lucia

TERRAZA NEPTUNO: Bem na entrada do parque, um terraço com três andares e uma fonte incrível com o Deus Netuno, foi construída em 1897 e é uma das fontes mais lindas que já vi. Sem contar que foi inspirada na Fontana Di Trevi de Roma.

cerro-santa-lucia

fonte-cerro-santa-lucia

cerros-santiago

fonte

TERRAZA CALPOLICAN: Uma grande área plana, com várias esculturas, banquinhos e mirantes.  A entrada deste terraço é por um portal das antigas fortalezas do Cerro.

terraza-calpolican

caupolican-guerreiro-mapucheEstátua do Índio Caupolican, um guerreiro da tribo Mapuche.  

parques-santiago

PEDRA ESCULPIDA: Um monumento onde esculpiram na pedra um trecho da carta que Pedro de Valdivia enviou para Carlos V em 1545, contando sobre a preciosa terra conquistada.

CAPELA: Uma pequena capela em estilo neo-gótico, construída para ser o mausoléu de Benjamin Vicuña Mackenna, o grande idealizador do Cerro Santa Lucia. A capela está fechada desde que ficou danificada no terremoto de 2010.

capela-cerro-santa-lucia

TORRE MIRADOR: São várias as parada durante a subida, mas o mirante do topo do morro claro, tem a melhor vista, porém é tão disputado que não consegui tirar uma foto legal lá de cima.

andes-santiagoA Torre Mirador atrás de nós, o local mais disputado para fotos. 

O Cerro foi declarado Monumento Histórico Nacional em 1983, por isso não deixe de incluir esse local nos seus roteiros quando visitar Santiago!

cordilheiras-dos-andes

INFORMAÇÕES ÚTEIS:

A entrada do parque pode ser pela Av Libertador Bernardo O’Higgins ou pela rua Miraflores .

Metro: Universidade Católica ou Santa Lucia

Horário: Diariamente das 9H ás 19hs. 

Reserve seu Hotel em Santiago aqui pelo site Booking. Você não paga a mais por isso, mas ajuda a manter o Blog no ar, pois recebemos uma comissão através da parceria com o Booking 🙂

E se precisa alugar um carro é só buscar na lateral do blog a caixa de pesquisa da RENTALCARS. Você aluga um carro com uma empresa segura, ajuda o Blog e passeia tranquilo pelas lindas cidades chilenas.

2 Comentários
Você também pode gostar....
La Chascona – Santiago
28 de março de 2017
Restaurante Giratório Santiago X Toronto
27 de junho de 2016
Cordilheira dos Andes – Chile
7 de março de 2016
AMÉRICA DO NORTE, ESTADOS UNIDOS, FLORIDA, NEW YORK

Trip pela Costa Leste dos EUA

De Nova York a Miami

Há tanto o que se ver nos EUA, um país tão grande, tão rico, com uma malha rodoviária tão imensa que a escolha mais óbvia era: se jogar na estrada. E lá fomos nós, 2 casais 12 dias e 2600 km rodados.

times-square

– Nova Iorque

Ficamos próximos a Times Square o que facilitou os passeios.  Manhattan tem linhas de metrô para todos os lados e as usamos bastante. Em dois dias conseguimos visitar as principais atrações turísticas. Ainda no Brasil programamos os locais a visitar e o tempo médio para cada passeio.

Grand Central – Aproveitamos para jantar na estação e poder passar tempo admirando todos os detalhes.

grand-central

Soho – Um bairro super descontraído, com arquitetura linda. Lugar ótimo para passear pelas ruas, ver várias lojas de marcas famosas, ouvir jazz sendo tocado na rua. Adorei o bairro.

soho

FAO Schwarz – Loja ENORME de brinquedos. Lá está o Big Piano que o Tom Hanks toca no filme “Quero ser Grande”. Entrei na fila com a criançada (momento 7 anos rsrsrs) e tentei tocar “bife” com os pés mas o piano está ‘desafinado’. Mas adorei mesmo assim.

piano

Museu de História Natural – É um dos maiores do mundo e com certeza merecia mais tempo para ele. Passamos tudo meio rápido, mas o que vimos foi impressionante. É o museu do filme “Uma noite no Museu”.

meseu-historia-natural

museus-de-historia-natural-ny

peso-luaEsse é meu peso na Lua.

Times Square – São tantas lojas e tantas luzes nessa rua que não tem como passar despercebida. Há uma norma que todo comércio dali tem que ser iluminado.

times-square-ny new-york

O Fantasma da Ópera – Entre tantos espetáculos que a Broadway oferece esse era o que eu fazia questão de assistir. É o espetáculo mais velho ainda em cartaz. Arriscamos e fomos sem ingresso.

fantasma-da-opera

Na Times Square, na escadaria vermelha, tem um guichê da TKTS para comprar os ingressos do dia com desconto caso a sessão não esteja lotada.  Demos sorte e compramos pela metade do preço normal.

Me surpreendi com o teatro antigo mas muito bem conservado. Adorei os cenários, os efeitos especiais e o fato de ter uma orquestra abaixo do palco.

LOVE – É uma escultura que tem em várias partes do mundo. Vale uma paradinha rápida para foto!

love

Top of the RockVeja o post completo desse arranha-céu aqui.

Memorial 11 de Setembro – Duas fontes gigantes localizadas exatamente na posição onde ficavam as Torres Gêmeas. Nas bordas está gravado o nome de todos aqueles que morreram no atentado.

monumento-11-setembro

11-setembro

Muito bonito mas triste. Para entrar no local a segurança é bastante reforçada e é preciso até passar por detectores de metais.

Charging Bull – Touro de bronze da bolsa de valores de NY. Diz a lenda que tocar nos seus chifres e nas suas partes íntimas traz sorte e riqueza. Ainda estou esperando a parte da riqueza chegar rsrsrsrs. Escultura super disputada para foto.

charging-bull

Estátua da Liberdade – Vimos ela de longe, mas há passeios pago que leva até ela ou passeio gratuito de barco em torno dela.

estatua-da-liberdade

Central Park – São 3,410 km² de parque em plena Manhattan. Aos finais de semana é um lugar perfeito para alugar uma bike ou fazer um picnic.

central-park-ny central-park

Exploramos um pedaço a pé incluindo o local onde existe uma homenagem feita pela Yoko para o John Lennon, em frente ao prédio onde ele foi assassinado.

central-park-jonh-lennon

new-york-central-park

-De Nova Iorque alugamos um carro e partimos para Washington.

washington-eua

Embora os EUA tenham ótimas autoestradas, pegamos um congestionamento gigantesco na entrada de Washington e atrasamos para chegar.

Passamos um dia em Washington e visitamos as atrações que ficam no The Mall (área ampla e principal de Washington onde ficam praticamente todas as atrações turísticas).

washington

Casa Branca e Capitólio – Fizemos apenas uma visita externa.

casa-branca

Obelisco – Foi a construção mais alta no mundo até o início do séc. XX.

obelisco

Memorial da II Guerra Mundial e Memorial a Lincoln – É uma área gigante construída em homenagem as vitimas da II Guerra Mundial.

memorial-guerra

Juntamente há um espelho d’água (que para nossa azar estava sem água devido a uma reforma) que o separa do Memorial de Lincoln onde se encontra a estátua do ex Presidente.

lincoln

washington-dc

Museu do Espaço e ArVeja aqui o post completo sobre o Museu do Ar e Espaço.

museu-espaço-ar

– Seguimos em direção a Fayetteville já na Carolina do Norte.

A cidade é puro charme dando a impressão que o tempo não passou e ainda vivem em um tempo distante.

fayetteville-eua

Havia lido que a cidade possui uma base militar, o Fort Bragg e fomos até lá conhecer. Paramos numa barreira e perguntamos se podíamos visitar. Pediram nossos passaportes e que saíssemos do carro para que pudessem revistar. Perguntaram algumas vezes porque queríamos visitar (viramos suspeitos? Rsrs). Definitivamente não foi uma boa ideia. No fim falaram que não recebiam visitas.

fayetteville-igreja fayetteville

– Próxima parada: Savannah na Georgia.

savannah-porto

Considerada a cidade mais bonita dos EUA. Não sei se chega a tanto, mas achei bem charmosa.

savannah-eua savannah-praça

A cidade é MUITO arborizada e tem uma arquitetura muito particular, as vezes precisava lembrar que estava nos EUA.

Fizemos um passeio geral pela cidade e paramos no parque onde “Forrest Gump” contava suas muitas histórias no filme. O banco é apenas uma réplica mas a praça é bem bonita.

savannah-forest-gump

A cidade tem uma fama de ser “cidade-fantasma”, até oferece tours de madrugada em casas mal-assombradas mas visitamos só a parte “não assombrada”.

savannah-casas savannah

– Saindo de Savannah chegamos finalmente a Flórida, deixamos a autoestrada e pegamos a estrada litorânea até Cocoa Beach, passando por lugares como St. Agustine Beach e Daytona Beach (onde há o famoso autódromo).

highway-eua

daytona-beach

A escolha por essa cidade foi devido ser a cidade mais próxima a NASA. Inclusive em dias de lançamento de foguetes a NASA fica fechada e o melhor ponto de observação é em Cocoa Beach.

praias-eua cocoa-beach-eua cocoa-beachVista de Cocoa Beach para as plataformas de lançamento.

Na cidade há ainda uma estátua do surfista Kelly Slater por ser sua cidade natal.

Pernoitamos ali e logo cedo fomos para NASA (levamos em torno de 50 min.). Veja o post completo sobre a NASA aqui.

nasa

– Última cidade: Miami.

Chegamos em Miami e fomos no Memorial do Holocausto onde há uma bela homenagem ao acontecido. Impossível não achar triste o passeio, assim como em todo memorial que marque algo trágico da história

monumento-holocausto

memorial-do-holocausto

monumento-holocausto-eua

Conhecemos bem pouco da praia e da cidade (em outra oportunidade voltei lá e conto sobre South Beach aqui nesse post).

miami-beach miami

Finalizamos a viagem em um outlet de Miami (Sawgrass Mills) para salvar as últimas comprinhas.

Dica: aproveite fazer compras nos outlets das cidades menores entre uma cidade e outra. São menores, mais baratos, sem tumulto e com as mesmas opções de lojas que há  nos outlets principais.

Esse mapinha mostra o roteiro que fizemos na Costa Leste, mas logo vamos contar sobre a trip pela Costa Oeste também.

mapa-costa-leste

Reserve seu Hotel nos Estados Unidos aqui pelo site Booking. Você não paga a mais por isso, mas ajuda a manter o Blog no ar, pois recebemos uma comissão através da parceria com o Booking 🙂

E se precisa alugar um carro é só buscar na lateral do blog a caixa de pesquisa da RENTALCARS. Você aluga um carro com uma empresa segura, ajuda o Blog e passeia tranquilo pelas lindas cidades dos Estados Unidos.

22 Comentários
Você também pode gostar....
Top of the Rock – New York
6 de junho de 2014